O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, valores intrínsecos à terra e gente de Fafe, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de conhecimento e divulgação da Cultura, História e Tradição de Fafe na esteira do paradigma ético contido na figura do Morgado de Fafe

domingo, 14 de Setembro de 2014

7.º Encontro Nacional de Folclore em Cepães



O Rancho Folclórico da Casa do Povo de Cepães organiza no próximo sábado, dia 20 de Setembro, a partir das 20:30, o 7.º Encontro Nacional de Folclore que decorrerá na Casa do Povo de Cepães.

Com o apoio da Junta de Freguesia de Cepães, e o Município de Fafe, deslocam-se este ano a Cepães, uma freguesia do concelho de Fafe com intensa atividade industrial e aptidão agrícola, o Rancho Folclórico de Santa Maria de Canedo de Basto (Celorico de Basto), o Rancho Folclórico do CCR de Moreira de Cónegos (Guimarães), o Rancho Folclórico de Santa Marinha de Mogege (Vila Nova de Famalicão), o Rancho Folclórico e Cultural de S. Julião (Valença do Minho), e o grupo anfitrião, o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Cepães (Fafe).

A promoção do 7.º Encontro Nacional de Folclore na freguesia de Cepães assume como principal objetivo promover e valorizar a etnografia e as tradições populares da freguesia de Cepães e do concelho de Fafe.

quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Entrevista na CHIN Radio Canada

Amanhã quinta-feira (21 de Agosto) às 09h00, fuso horário do Canadá (14h00 fuso horário de Portugal) darei uma nova entrevista em direto, agora na CHIN Rádio Canadá, uma rádio multicultural e multilíngue estabelecida em Ontário em Toronto, a mais populosa província do Canadá.

A entrevista, no âmbito da minha estadia na América do Norte e recente apresentação do livro  “Fafe – História, Memória e Património” na Casa do Alentejo em Toronto no Canadá, abordará a História, a Cultura e as Tradições de Fafe, do Minho e de Portugal, proporcionando assim mais uma importante interação com as comunidades lusófonas espalhadas pelo Canadá, em  particular, e pelos quatro cantos do Mundo, em geral.



Listen (Ouvir):




terça-feira, 12 de Agosto de 2014

História de Fafe apresentada em Toronto no Canadá

No passado dia 11 de Agosto (segunda-feira), o historiador Daniel Bastos, a convite da Coordenação do Ensino Português no Canadá, apresentou na Casa do Alentejo em Toronto, uma das cidades com maior diversidade multicultural do mundo, o livro Fafe – História, Memória e Património.


A obra de 300 páginas com chancela da Editora Converso, em edição trilingue (Português, Francês e Inglês), resultado da parceria entre o historiador fafense, o fotógrafo José Pedro Fernandes e o tradutor Paulo Teixeira, e que conta com prefácio do reputado fotógrafo francês Gérald Bloncourt, foi apresentada pela dirigente associativa da Working Women Community Centre (WWCC), Felicidade Macedo Rodrigues.

No decurso da sessão cultural, que juntou vários emigrantes portugueses radicados na maior cidade do Canadá, em particular naturais do concelho minhoto, a dirigente associativa luso-canadiana Felicidade Macedo Rodrigues, elogiou o percurso e a obra assinada por Daniel Bastos, que revela uma enorme dedicação e paixão pela história de Fafe.

Ao longo da sessão na Casa do Alentejo em Toronto,  uma das associações mais ativa em atividades culturais lusas no Canadá, o historiador fafense, que agradeceu e destacou a receptividade da comunidade emigrante portuguesa durante a sua estadia na América do Norte, e em particular o convite endereçado pela responsável do Instituto Camões e coordenadora do Ensino Português no Canadá, Ana Paula Ribeiro, afirmou que a obra apresentada constitui um livro de afetos que retrata a beleza paisagística, o património cultural, as tradições e os valores do concelho de Fafe.








Daniel Bastos salientou que o livro ao transmitir uma imagem global e fundamentada da evolução do território através de um enquadramento histórico assente numa centena de fotografias originais a preto e branco, reaproxima a comunidade emigrante às origens, contribuindo para afirmar o concelho no panorama nacional e internacional através daqueles que no estrangeiro têm contribuído de forma decisiva para o desenvolvimento de Fafe.

Refira-se que nesta sua deslocação ao Canadá, nação que alberga uma das maiores comunidades de emigrantes portugueses, o escritor tem-se desdobrado em diversas visitas a associações e instituições luso-canadianas, e que o livro agora apresentado no segundo maior país do mundo, desde o seu lançamento no final do ano transato, foi já apresentado nas principais cidades portuguesas, assim como junto da comunidade emigrante portuguesa em França, no Consulado de Portugal em Paris, e na Bélgica, na Livraria Orfeu em Bruxelas.


segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

Fafe nas páginas da imprensa das comunidades de emigrantes portugueses

O concelho de Fafe tem merecido amplo destaque em páginas da imprensa das comunidades de emigrantes portugueses espalhadas pelos quatro cantos do mundo, designadamente a História, Memória e Património de Fafe. Recentemente o nosso concelho foi notícia nos jornais ABC Portuguese Canadian Newspaper, jornal de grande circulação em Ontário, a mais populosa província do Canadá; no semanário luso-canadiano “O Milénio”; e no Jornal Repórter X- Cultura de Expressão Portuguesa, um jornal de cultura gratuito sedeado na Suíça, com uma tiragem de 5.000 unidades, que noticia temáticas ligadas à Diáspora, a Portugal e à Suíça.

Não deixe de ler e de (re)descobrir o concelho de Fafe!