Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Apresentação do livro Fafe – História, Memória e Património em Toronto no Canadá

No próximo dia 11 de Agosto (segunda-feira), o historiador Daniel Bastos, a convite da Coordenação do Ensino Português no Canadá, apresenta às 18h30, na Casa do Alentejo em Toronto, uma das cidades com maior diversidade multicultural do mundo, o livro Fafe – História, Memória e Património.
 
Daniel Bastos
A obra de 300 páginas com chancela da Editora Converso, em edição trilingue (Português, Francês e Inglês), resultado de uma parceria profícua entre o historiador Daniel Bastos, o fotógrafo José Pedro Fernandes e o tradutor Paulo Teixeira, conta com prefácio do reputado fotógrafo francês Gérald Bloncourt, e será apresentada por Felicidade Macedo Rodrigues, dirigente associativa da Working Women Community Centre (WWCC).
 
Capa do Livro
Patrocinado por uma dezena de empresas representativas do tecido socioeconómico de Fafe, o livro, que transmite uma imagem global e fundamentada da evolução do concelho minhoto das origens à atualidade através de um enquadramento histórico assente numa centena de fotografias originais a preto e branco, constitui um cartão-de-visita para todos que queiram conhecer e visitar a “Sala de Visitas do Minho”.

Nesta sua deslocação ao Canadá, segundo maior país do mundo, e nação que alberga uma das maiores comunidades de emigrantes portugueses, o historiador português, que se desdobrou em entrevistas à Festival Portuguese Television (FPTV) e á CIRV-FM, importantes meios de comunicação social da comunidade luso-canadiana, visitou o Centro Cultural Português de Mississauga, polo de referência de portugueses no Ontário, tendo oferecido ao presidente da colectividade, Gilberto Moniz, um exemplar do livro  para a biblioteca desta associação ativa em atividades culturais lusas na América do Norte.

 
Link para a entrevista na FPTV (Festival Portuguese Television)

CIRV-FM
Centro Cultural Português de Mississauga
O historiador minhoto que também visitou o Museu dos Pioneiros em Toronto, um espaço de memória e de homenagem aos primeiros emigrantes portugueses que na década de 1950 chegaram ao Canadá, e que em 2007 assinou no âmbito do seminário internacional “Memórias e Migrações: Museus, História, Educação, Diversidades” organizado pelo Museu das Migrações e das Comunidades, sediado em Fafe, um protocolo de cooperação com a autarquia local, ofereceu igualmente a Bernadete Gouveia, fundadora e diretora do Museu dos Pioneiros, um exemplar da obra para a biblioteca desta instituição de referência na comunidade luso-canadiana.

Museu dos Pioneiros

Museu dos Pioneiros

                                                      Link para a reportagem na CIRV-FM

Refira-se que desde o seu lançamento no final do ano transato, o livro com assinatura do historiador Daniel Bastos foi já apresentado nas lojas FNAC em Guimarães, Braga, Porto e Lisboa, assim como junto da comunidade emigrante portuguesa em França, no Consulado de Portugal em Paris, e na Bélgica na Livraria Orfeu em Bruxelas.

Entrevista na FPTV (Festival Portuguese Television) no Canadá

Ontem ao final da tarde fui entrevistado na FPTV (Festival Portuguese Television), um canal de televisão lusófono no Canadá com grande audiência e implantação no seio da comunidade emigrante portuguesa, onde foi abordada a apresentação do meu ultimo livro “Fafe – História, Memória e Património”, realizado em conjunto com o fotografo Zé Pedro Fernandes, e o tradutor Paulo Teixeira, no próximo dia 11 de Agosto (segunda-feira) ás 18h30 na Casa do Alentejo em Toronto.


segunda-feira, 28 de julho de 2014

Entrevista na FPTV (Festival Portuguese Television) no Canadá


Na  próxima quarta-feira (30 de Julho) às 19h00, fuso horário do Canadá (0h00 fuso horário de Portugal) estarei em direto na FPTV (Festival Portuguese Television), um canal de televisão do Canadá em língua portuguesa, e ás 19h30, fuso horário do Canadá (0h30 fuso horário de Portugal) na CIRV, uma rádio multicultural em Toronto, importantes meios de comunicação social da comunidade lusófona no Canadá. 

A entrevista, no âmbito do meu ultimo livro “Fafe – História, Memória e Património”, realizado em conjunto com o fotografo José Pedro Fernandes, e o tradutor Paulo Teixeira, entre outras temáticas, abordará a História, a Cultura e as Tradições de Fafe, do Minho e de Portugal, proporcionando assim uma valiosa interação com as comunidades lusófonas espalhadas pelo Canadá, em  particular, e pelos quatro cantos do Mundo, em geral.


Listen & Watch (Ouvir e Visualizar em):






sexta-feira, 18 de julho de 2014

Regadas foi palco da apresentação da História, Memória e Património de Fafe



Na passada quinta-feira (17 de Julho), a freguesia de Regadas, uma freguesia do concelho de Fafe situada na fronteira com o concelho de Felgueiras, atravessada por estradas e caminhos que comprovam um desenvolvimento sustentado no pulsar de instituições dinâmicas, foi palco da apresentação do livro “Fafe – História, Memória e Património”.


A obra escrita a três mãos, pelo historiador Daniel Bastos, o fotógrafo José Pedro Fernandes e o tradutor Paulo Teixeira, este último natural de Regadas, que se assume como um cartão-de-visita ilustrado trilíngue da “Sala de Visitas do Minho”, foi apresentada no Centro Educativo de Regadas e contou com a presença de várias pessoas da comunidade local.








No decurso da sessão cultural, que computou a presença da presidente da Junta de Freguesia de Regadas, Laura Alves, os autores transmitiram que o livro “retrata de forma concisa, rigorosa e dedicada as memórias do passado do concelho de Fafe, onde se inclui a história e tradições da freguesia de Regadas, deixando um testemunho para as gerações futuras”.

Refira-se que as vendas dos livros resultantes da participada sessão cultural, por decisão unânime dos autores da obra, reverteram a favor da Associação Cultural e de Solidariedade Social de Regadas, uma instituição particular de solidariedade social que desenvolve atividades de apoio social à população idosa e carenciada e que está presentemente a construir o Lar de Idosos de Regadas, uma antiga aspiração da comunidade local.