Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

domingo, 8 de julho de 2012

Congresso Internacional de Ciclismo abordou tradição e futuro da modalidade em Fafe


A UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo, em parceria com a Câmara Municipal de Anadia e com a Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra, realizou, nos dias 6 e 7 de Julho, no Cine – Teatro de Anadia, o I Congresso Internacional de Ciclismo, que teve como lema “Pistas Para o Futuro”.
                                
Pretendendo assumir-se como um suporte essencial para a reflexão sobre o futuro da modalidade, enquadrando os conhecimentos históricos do ciclismo com novas perspetivas, colhidas tanto no meio velocipédico como nos campos científico e universitário, durante os dois dias do Congresso Internacional intervieram mais de quarenta orados nacionais e estrangeiros, especialistas do mundo académico e científico, antigos e atuais praticantes e dirigentes. Como o presidente da União Ciclista Internacional (UCI), Pat McQuaid, o antigo diretor da Volta à França, Jean-Marie Leblanc, o responsável médico da UCI, Mário Zorzoli, e o presidente da Autoridade Antidopagem de Portugal, Luís Horta.


Convidado pela organização para participar no Congresso Internacional de Ciclismo “Pistas para o Futuro”, o Município de Fafe esteve representado na iniciativa pelo assessor Daniel Bastos que interveio no painel o “Ciclismo enquanto atividade económica”, cuja moderação esteve a cargo do ex-ministro da Educação Marçal Grilo, atual administrador da Fundação Calouste Gulbenkian e reconhecido adepto de ciclismo.

Durante a sua palestra, intitulada “ Fafe – Uma terra com tradição e futuro no ciclismo enquanto elemento de desenvolvimento local”, Daniel Bastos assegurou “que há muito que os fafenses se habituaram a seguir com entusiasmo esta modalidade desportiva, emoção a que não é alheio o facto de o concelho ser berço de ciclistas referências no panorama velocipédico nacional, como os consagrados Francisco Marinho e José Martins”.


Revivendo os três finais de etapas da Volta a Portugal em Bicicleta em Fafe na década de 60 do séc. XX, cuja organização com o apoio do comércio e da indústria local esteve a cargo do Grupo Nun’Álvares, o historiador fafense salientou o incremento do desporto com o poder local democrático, visível no concelho enquanto fator de promoção da qualidade de vida das populações.

Elencando as várias coletividades locais que com o apoio da autarquia fomentam a prática do ciclismo nas suas diversas vertentes, designadamente a Aro 27, Centro de Ciclismo José Martins, União Desportiva Amigos da Roda de Quinchães, Restauradores da Granja, Leões de Ferro e Sociedade de Recreio Cepansense, o assessor municipal destacou o papel da Pista de Cicloturismo de Fafe na promoção de hábitos de vida saudáveis e do cicloturismo.

Referindo-se ao protocolo da Câmara Municipal de Fafe com a Associação de Ciclismo do Minho, que anualmente organiza no concelho quatro provas do seu calendário Inter-Regional de estrada, Daniel Bastos sustentou que o investimento que a autarquia tem realizado nos últimos anos para a realização de partidas e chegadas da Volta em Portugal em Bicicleta em Fafe, assume-se como um importante elemento de desenvolvimento local manifesto no impacto e retorno ao nível do comércio, hotelaria e restauração. Assim como na divulgação e dinamização das potencialidades do concelho nos diversos sectores de atividade através dos órgãos de comunicação, promoções publicitárias e exposição mediática, e na promoção da modalidade, em particular, e da prática desportiva, em geral.





Sem comentários: