Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Postais antigos da vila de Fafe


Num período em que a nossa terra fervilha com o calor da presença dos nossos patrícios que além-fronteiras levam longe o nome de Fafe e procuram alargar os horizontes da sua existência, deixo aqui alguns postais antigos da nossa cidade, o torrão identitário que nos prende e faz em qualquer canto do mundo suspirar de saudade.
Centro da vila de Fafe no final do séc. XIX

Igreja Nova - Fafe (inicio do séc. XX)

Centro da vila de Fafe na década de 20 (séc. XX)

Centro da vila de Fafe (meados do séc. XX)

Sem comentários: