Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Lançamento do livro "Por dentro de uma jota – Uma experiência de intervenção cívica e política em Fafe"



No próximo dia 21 de Setembro, o jovem historiador e político Daniel Bastos, apresenta em Fafe o livro "Por dentro de uma jota – Uma experiência de intervenção cívica e política em Fafe".


Procurando retratar e reflectir sobre o quotidiano e papel de uma juventude partidária, socorrendo-se da experiência do período em que liderou a JS de Fafe, entre 2006 e 2011, a obra, que conta com prefácio de António José Seguro e posfácio de Pedro Delgado Alves, está marcada para as 21:30 no auditório da Biblioteca Municipal de Fafe.

No prefácio da obra, António José Seguro escreve que o livro «faz um balanço dos últimos anos na concelhia da Juventude Socialista de Fafe, reflecte o importante trabalho desenvolvido pelas juventudes partidárias a nível local. A dinamização política das comunidades locais é muitas vezes empreendida e bem, como Daniel Bastos testemunha, pelos jovens».

Apontando que «A sociedade actual apresenta desafios sem precedentes na nossa democracia de Abril», o Secretário-geral do Partido Socialista afirma que o «livro é um exemplo de como se pode mudar a vida dos outros e de afirmar que em política ninguém é dispensável e que todos contam». Referindo-se ao trabalho elaborado por Daniel Bastos como «um legado para todos os que vierem e deve inspirar os jovens que hoje dão os primeiros passos na militância da família socialista», António José Seguro, assegura  que «Politica e historicamente é fundamental registar as memórias através da escrita, pois assim, este livro passará a fazer parte da história recente do Partido Socialista».

Em "Por dentro de uma jota – Uma experiência de intervenção cívica e política em Fafe", o antigo Secretário – Coordenador da Juventude Socialista de Fafe, e presidente da Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas, num período marcado pelo pretenso alheamento da juventude da Res Publica, dá a conhecer um conjunto diversificado de iniciativas cívicas e políticas que contribuíram para a formação política, para o exercício da cidadania activa e para a envolvência e participação de jovens cidadãos na vida pública.


Segundo Pedro Delgado Alves, autor do posfácio do livro, «a diversidade dos temas e iniciativas desenvolvidas pela concelhia de Fafe ao longo dos últimos anos é reveladora de que, mais do que acantonada num nicho de matérias, a JS Fafe soube abraçar toda a riqueza (e complexidade) da nossa contemporaneidade, não se eximindo de participar e provocar os debates que se impunham». Para o líder nacional da JS, «o balanço dos mandatos do Daniel Bastos à frente dos destinos da concelhia da Juventude Socialista de Fafe é um excelente e eloquente exemplo do potencial das organizações partidárias de juventude, da sua relação com os jovens e com a realidade local».



O lançamento do livro "Por dentro de uma jota – Uma experiência de intervenção cívica e política em Fafe", edição da Labirinto – Colecção Agora, com 141 páginas e capa do consagrado pintor Orlando Pompeu, será antecedido pela abertura de uma exposição de pintura da autoria dos artistas Marisa Brochado, Tiago Alexandre e Xana Novais, e um momento musical interpretado pelos jovens Diana e Duarte Baptista. 

Ecos da Imprensa
Notícias de Fafe (2012-09-21)

Povo de Fafe (2012-09-21)


Correio do Minho (2012-09-18)
 

Sem comentários: