Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Tradicional cortejo em Honra de N. S. de Guadalupe reviveu tradições populares de Cepães



Realizou-se no passado domingo, dia 13 de Maio, o tradicional cortejo da Festa de N. S. de Guadalupe na freguesia de Cepães. Impulsionado pela Comissão de Festas que anualmente organiza a principal festividade religiosa da freguesia, a festa em Honra de N. S. de Guadalupe que se realiza anualmente no primeiro domingo de Junho, este cortejo lúdico – etnográfico, que tem sempre como principal objectivo recolher fundos para a organização da grandiosa festa que atrai inúmeras pessoas a Cepães, assumiu-se como uma esplendorosa manifestação de cultura popular.

Durante a tarde o centro da freguesia acolheu muita gente que veio reviver as tradições e cultura cepanense, e puderam assim apreciar o labor das várias localidades de Cepães, nomeadamente os lugares de S. Tiago, Gaia e Devesinha, que trabalharam na angariação de oferendas. Designadamente dezenas de tractores de madeira, e carros alegóricos e lúdicos que imprimiram um enorme colorido ao concorrido e animado desfile etnográfico, que foi enriquecido pela participação do tradicional jogo de pau do Centro Cultural e Recreativo de Juventude de Cepães e do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Cepães.
 
Fotos do desfile lúdico e etnográfico:






































Fotos das ofertas de madeira:
























Como no ano passado, a iniciativa contemplou ainda a dinamização de uma Feirinha de produtos típicos, junto à Capela de N. S.S. de Guadalupe, que se assumiu como um cartão-de-visita e divulgação dos produtos e sabores locais, e que foi animada com músicas e cantares ao desafio.

Fotos da Feirinha de produtos típicos:






Sem comentários: