Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

XVI Encontro de Emigrantes Fafenses


No âmbito do programa do XVI Encontro de Emigrantes Fafenses, promovido anualmente pela Câmara Municipal de Fafe, terá lugar no próximo dia 9 de agosto a sessão de lançamento e divulgação de publicações relativas à emigração.

 
O programa do evento inicia pelas 17 horas na Casa Municipal de Cultura de Fafe, com a abertura da exposição de fotografia ‘Por uma Vida Melhor’ do fotógrafo Gérald Bloncourt. Esta exposição é composta por 48 fotografias da coleção de 104 que Bloncourt ofereceu ao Museu das Migrações e das Comunidades. Parte desta coleção está neste momento patente na Cité nationale de l’histoire de l’immigration, Paris, e as que agora se apresentam em Fafe são mostradas ao público pela primeira vez. São retratos de um Portugal dos anos 1960/1970, pela objetiva de Bloncourt, aquando da sua vinda a Portugal nos anos 1960, assim como, do quotidiano dos portugueses que emigraram para França neste período.

A inauguração de ‘Por uma Vida Melhor’ contará com a presença dos músicos Geraldo Maia e Vinícius Sarmento, num momento musical de excelência.

Seguir-se-á a sessão literária, no Auditório da Biblioteca Municipal, com a presença de vários autores. Serão apresentadas as obras ‘Amazónia Prescrição de um Crime’ de Manuel Sousa Fonseca e Cezar Negreiros, ‘A Terra da Rainha - Retratos Portugueses no Reino Unido’ de Isabel Mateus, ‘La Révolution des Oeillets au Portugal’ de Manuel do Nascimento e ‘De São Vicente a Paris’ de Altina Ribeiro.

Fechando este percurso literário, terá lugar o lançamento das actas do seminário ‘A Emigração na Primeira República’, com a presença dos oradores, cuja apresentação está a cargo das coordenadoras da publicação, Isabel Alves, coordenadora do Museu das Migrações e das Comunidades e Maria Beatriz Rocha-Trindade, do CEMRI/Universidade Aberta e coordenadora científica deste Museu.

Ainda no Auditório da Biblioteca terá lugar a assinatura do Protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Fafe/Museu das Migrações e das Comunidades e a associação Memória das Migrações, que visa em particular o trabalho de recolha e preservação da Memória da presença portuguesa nos diversos países de acolhimento das comunidades portuguesas.

O XVI Encontro de Emigrantes Fafenses continuará no emblemático Jardim do Calvário, onde pelas 20 horas decorrerá o jantar convívio e animação musical.


FONTE - Município de Fafe / Museu das Migrações e das Comunidades

Sem comentários: