Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Historiador Daniel Bastos participa em Encontro dedicado às Comunidades Portuguesas na Universidade de Évora



No próximo dia 17 de novembro, o historiador Daniel Bastos é um dos dois oradores convidados dos “Encontros às Quintas”, da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora, dedicado ao tema das Comunidades Portuguesas.

Daniel Bastos

A iniciativa, organizada por uma das maiores unidades orgânicas da Universidade de Évora, instituição de referência do ensino superior público português, é coordenada pela Profª. Doutora Maria de Fátima Nunes, e decorrerá pelas 15 horas na Sala de Docentes.

Caratz

Para além do investigador natural de Fafe, antigo aluno da Universidade de Évora, que abordará o seu percurso de escritor e historiador alicerçado junto das comunidades portuguesas, o encontro conta ainda com a presença de Maria Manuela Tavares Ribeiro, Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, e Coordenadora Científica do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra - CEIS20.

Refira-se que este encontro de 17 de novembro encerra o ciclo da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora “conversas à quinta”, e tem com principal objetivo debater o papel desempenhado pelas Comunidades Portuguesas espalhadas pelo Mundo.

Sem comentários: