Morgado de Fafe

O Morgado de Fafe, personagem literária consagrada na obra camiliana, demanda uma consciência crítica contra uma visão de sociedade enfeudada em artificialismos. A figura do rústico morgado minhoto marcada pela dignidade, honestidade, simplicidade e capacidade de trabalho, assume uma contemporaneidade premente, nesse sentido este espaço na blogosfera pretende ser uma plataforma de promoção de valores, de conhecimento e de divulgação dos trabalhos, actividades e percurso do escritor e historiador Daniel Bastos.

sábado, 22 de junho de 2013

Jovens artistas de Fafe inauguraram exposição / instalação na Galeria Municipal


Na passada sexta-feira à noite (21 de Junho), as jovens artistas fafenses, Ana Lobo, Isabel Brites e Sandra Novais, inauguraram na Galeria da Casa Municipal de Cultura de Fafe a exposição / instalação coletiva Minds of Nowhere.

A inauguração antecedia de um momento musical executado pela Banda Quarto C, contou com a presença de Pompeu Martins, vereador da Cultura do Município de Fafe e encheu-se de amigos, colegas e familiares das jovens artistas que sendo das áreas profissionais da contabilidade, direito e educação, nutrem um grande apreço pela criação artística.

 
Pretendendo “partilhar a ambição de transmitir ao “outro” sentimentos e emoções como o sonho, a liberdade, o silêncio, o vazio e a saudade, através das interligação de objetos comuns do dia-a-dia”, as criadoras artísticas dispuseram na Galeria da Casa Municipal de Cultura de Fafe um conjunto coletivo de estruturas alusivas aos desafios atuais e futuros dos jovens que interagem com o espaço, o corpo e o ponto de vista do observador.

 
 
Segundo as jovens artistas, que já em 2012 participaram no evento cultural Guimarães noc noc no âmbito da Capital Europeia da Cultura, “é na passagem das horas dos labirínticos trilhos que percorremos que nos reinventemos”, pelo que esta exposição / instalação artística é essencialmente um desafio para que cada jovem “vá e siga o seu caminho, ele que te encontre, e te traga de volta”.

 
Refira-se que a exposição / instalação Minds of Nowhere, aberta a toda a comunidade, vai manter-se patente até 28 de junho (sexta-feira) no horário habitual de funcionamento Casa Municipal de Cultura de Fafe

Sem comentários: